top of page
Buscar

50% dos brasileiros afirmam que usariam substâncias psicodélicas para tratamentos


O uso de substâncias psicodélicas como medicamento é um assunto que divide os brasileiros. Porém, mais da metade da população consideraria utilizá-lo para algum tratamento de saúde se tivesse recomendação de um médico de confiança.

As informações foram obtidas em pesquisa realizada pelo Datafolha com 2.016 entrevistados com 16 anos ou mais. As respostas foram coletadas em 139 municípios de todo o país nos dias 12 e 13 de setembro. A margem de erro é de mais ou menos dois pontos percentuais.

O tratamento com substâncias psicodélicas seria aceito “definitivamente” por 36% dos entrevistados pelo instituto. Outros 16% disseram que poderiam aceitar se houvesse recomendação de um médico em quem confiassem e 43% responderam que não aceitariam de forma alguma o tratamento.

2 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page